50 anos do golpe: a história de resistência de Ana Martins

Ainda bem jovem, Ana Martins se tornou metalúrgica e entrou para o grupo Ação Popular, que combatia a ditadura. Foi para a Bahia treinar pessoas para a Guerrilha do Araguaia e voltou para SP na clandestinidade.

Deixe um Comentário

comentários