Apeoesp recorre contra decisão que suspende reajuste de 10,15% aos professores de São Paulo

Rede TVTsex, dezembro 29, 2017 10:28pm

O governo de Geraldo Alckmin, representado pela Procuradoria Geral do Estado, conseguiu a suspensão do pagamento do reajuste de 10,15% por meio da decisão do desembargador Ricardo Henry Marques Dip. O juiz aceitou o argumento de que o pagamento da equiparação dos salários dos professores ao piso nacional vai gerar um impacto de um bilhão e setecentos milhões de reais nos gastos com pessoal e pode ferir a lei de responsabilidade fiscal.

Deixe um Comentário

comentários