Ato denuncia racismo na Faculdade de Medicina da USP

Estudante negra do curso de Saúde Pública foi impedida de entrar na Faculdade de Medicina, mesmo apresentando a carteirinha da USP. Ela não tem dúvida: foi racismo.

Deixe um Comentário

comentários