Com 6% dos votos do país, São Paulo tem eleitorado mais velho e escolarizado

Fonte: Rede Brasil Atual

Com 8,886 milhões de eleitores, 6,17% do total do país (eram 6,22% em 2012), a cidade de São Paulo mostra um perfil mais velho e escolarizado em relação à média nacional. Em relação a quatro anos atrás, aumentou a participação do eleitorado de 35 a 39 anos, de 40 a 44 anos e de 50 em diante. A maior parcela ainda se concentra na faixa entre 30 e 34 anos: 11,07%, ante 11,83% em 2012. Os que têm de 35 a 39 foram de 10,6% para 11% do total.

Na última faixa, de 79 anos em diante, a participação subiu de 3,17% para 3,78%. Os eleitores com 16 anos passaram de 0,25% para 0,13% do total em São Paulo, e os de 17, de 0,58% para 0,43%.

No recorte por gênero, não houve mudança. As mulheres continuam representando 54% do eleitorado paulistano e os homens, 46%.

O que mudou significativamente foi o número de eleitores com identificação biométrica. Eram 211.638 em 2012, agora são 2,573 milhões.

Quanto à escolaridade, 23,28% têm ensino médio completo – eram 20,11% na eleição de 2012. Os que declararam ensino médio incompleto foram de 23% para 21,92% do total. Cresceu a participação de eleitores com ensino superior incompleto (de 5,57% para 6,27%) e completo (de 8,10% para 10,61%). A participação do eleitorado com ensino fundamental completo passou de 9,26% para 8,41%. Outros 2,15% se declararam analfabetos, ante 2,32% na eleição municipal anterior.

Dos quase 8,9 milhões de eleitores, 3,1 milhões (35% do total) concentram-se na zona leste. A zona sul tem 2,8 milhões (32%). Depois vêm as zonas oeste, com 1,5 milhão, e norte, com 1,03 milhão.

grafico_saopaulo.jpg

Deixe um Comentário

comentários

Deixe uma resposta