CREMESP investigará médico que denunciou jovem por aborto

Rede TVTqua, fevereiro 25, 2015 12:09am

As mulheres que procuram socorro após aborto clandestino têm direito ao atendimento humanizado e sigiloso no sistema de saúde. Denúncia viola sigilo médico.

Deixe um Comentário

comentários

Deixe uma resposta

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.