Dilma Rousseff diz que é preciso ouvir a voz das ruas

A presidenta afirmou que as manifestações no país são legítimas e próprias da democracia. Disse ainda que o rol de exigências passa pela cidadania, saúde, educação, direito a um transporte digno, e também pelo direito de influir nas decisões do país.

Deixe um Comentário

comentários