Elza Soares grava videoclipe de ‘Mulher do Fim do Mundo’

Fonte: ABCD Maior 

Após o grande sucesso do seu mais recente trabalho, o disco e turnê A Mulher do Fim do Mundo, Elza Soares surpreendeu o público com o lançamento do primeiro videoclipe do álbum.

Vencedora do Grammy Latino e de outros importantes prêmios musicais de 2015 e 2016, o novo álbum da veterana brasileira figura entre os dez melhores do ano pelo jornal The New York Times. Para celebrar o momento da carreira e o sucesso do álbum, Elza Soares lançou o videoclipe da música Mulher do Fim do Mundo.

Uma das maiores personalidades da história da música, Elza Soares voltou à cena no ano de 2015 em grande estilo com a turnê do álbum A Mulher do Fim do Mundo, o primeiro de inéditas da carreira da artista. Assim que o disco foi lançado, no segundo semestre de 2015, o reconhecimento foi instantâneo. Passado algum tempo, o legado deste trabalho começa a ser delineado como “o mais importante da década”, como frisou a coluna ‘Tudo Tanto’, da revista Caros Amigos.


Prêmios para encher uma parede

O projeto já foi agraciado nacionalmente com os prêmios de Melhor Show Nacional, pelos jornais Folha de São Paulo e Estado de São Paulo, de Melhor Álbum, pela APCA (Associação Paulista de Críticos de Artes) e de Melhor Álbum de 2015 e Melhor Música de 2015 (Maria da Vila Matilde) pela revista Rolling Stone Brasil, de Melhor Álbum na categoria Pop/Rock/Reggae/Hip Hop/Funk na 27° edição do Prêmio da Música Brasileira, na qual Elza também foi indicada a Melhor Cantora e a Melhor Música com Mulher do Fim do Mundo, e levou o troféu “Canção do Ano”, do Prêmio Multishow 2016, com (“Maria da Vila Matilde”).

Também faturou dezenas de prêmios internacionais e já tem retorno à Europa garantido. Ela sobe ao palco do prestigiado festival Primavera Sound, em Barcelona e ganha os EUA levando seu aclamado espetáculo ao festival NY Summerstage em agosto.


‘Mulher do Fim do Mundo’ é Trilha de 3%, da Netflix

No fim de 2016 Elza Soares lançou o desafio. “Quero gravar o videoclipe da principal faixa do disco, a música Mulher do fim do Mundo”. A canção que abre o álbum é também trilha sonora da série 3% da Netflix e reflete muito a história da personagem Joana: negra e pobre.

Elaborado por um time que reúne entre outros, a cineasta Paula Gaitán, vencedora do Candango de “Melhor Filme” no Festival de Brasília, o clipe filmado em plano fechado e linguagem para cinema, traduz a letra da música com enredo e atuação de Elza Soares.


Elza em todas as mulheres

Atrizes negras intercalam com a artista as diversas Elzas presentes em toda mulher e narram juntas a história dessa canção. A clássica frase; “Me deixem cantar até o fim” entoada por Elza Soares em meio a isso tudo, encerra o clipe ao estilo da artista.

Assista

Deixe um Comentário

comentários

Deixe uma resposta

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.