Especialistas criticam privatização no ensino público

Rede TVTqua, dezembro 6, 2017 10:20pm

No segundo semestre de 2018, 61 escolas da rede pública de São Paulo deverão passar a ser administradas por uma instituição privada, que terá mais de R$ 17 milhões de recursos adicionais. A Apeoesp vai recorrer ao Ministério Público contra o que considera o início da privatização total da rede.

Deixe um Comentário

comentários