Família cobra justiça e criminalização da homofobia

Kaique Augusto dos Santos, de 16 anos, foi encontrado morto no dia 11 de janeiro, no centro da capital paulista. A polícia registrou que a causa da morte foi suicídio. A família contesta e garante que o rapaz foi vítima de homofobia.

Deixe um Comentário

comentários