Família de operário morto na ditadura depõe na Comissão da Verdade de São Paulo

Rede TVTter, fevereiro 26, 2013 11:26pm

Na audiência, a viúva de Virgílio Gomes da Silva, Ilda Martins da Silva, relatou as dificuldades que também passou nas mãos dos agentes da ditadura. O operário desapareceu dentro das dependências do DOI-CODI após ser preso no dia 29 de setembro de 1969.

Deixe um Comentário

comentários

Deixe uma resposta

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.