Governo argentino e Clarín discordam sobre efeitos do Dia D da Lei de Meios

Rede TVTqui, dezembro 6, 2012 10:50pm

Clarín manteve em foco as críticas ao governo, novamente em torno das recusas de quatro indicações de juízes para a Câmara Civil e Comercial, órgão que poderia definir por uma prorrogação da liminar que garante à empresa a não aplicação do artigo 161 da Lei de Meios, que prevê a apresentação de um plano de adequação para livrar-se das concessões de rádio e TV em excesso.

Deixe um Comentário

comentários

Deixe uma resposta

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.