Governo de SP quer retirar direitos das servidoras gestantes

Governador de SP entrou com ação no STF para descontar do tempo de trabalho das funcionárias públicas em estado probatório os seis meses de licença-maternidade.

Deixe um Comentário

comentários