Joaquim Barbosa adia aposentadoria para manter emprego de assessores

Ministro Joaquim Barbosa quer que sucessor, Ricardo Lewandowski, fique com os seus 46 funcionários de confiança depois da aposentadoria do STF.

Deixe um Comentário

comentários