Jornalismo colaborativo: metalúrgicos na Toyota de Sorocaba entram em greve

É a primeira paralisação que acontece na fábrica, inaugurada em agosto de 2012. A empresa ofereceu um reajuste de 1,82% no piso salarial e prometeu negociar o adicional noturno e o vale-compra somente em abril de 2014. A proposta foi rejeitada pelos trabalhadores.

Deixe um Comentário

comentários