Macacos são mortos por espancamento no Rio de Janeiro

Rede TVTseg, fevereiro 12, 2018 11:03pm

A constatação é da unidade de Medicina
Veterinária Jorge Vaitsman. Cerca de 69% dos 200 macacos levados para necrópsia no instituto mostravam sinais de agressão e envenenamento. A suspeita é de que a população, por medo da contaminação por febre amarela, tenha dizimado os animais.

Deixe um Comentário

comentários