Mais Médicos: cubana acionará Justiça do Pará por direitos trabalhistas

A médica Ramona Matos Rodríguez, de 51 anos, abandonou o Mais Médicos, refugiou-se dentro da Câmara dos Deputados e decidiu pedir asilo ao governo brasileiro.

Deixe um Comentário

comentários