Melhor e Mais Justo: Gaza, um território ocupado – 3/3

No último mês, a intensificação do conflito entre israelenses e palestinos matou cerca de 2.000 palestinos e feriu aproximadamente 10 mil. Do lado israelense, são cerca de 70 mortos – a maioria militares – e pouco mais de 500 feridos.
A nova escalada da violência, na Faixa de Gaza, começou depois do sequestro e assassinato, em junho, de três jovens judeus na Cisjordânia. O ataque foi atribuído por Israel ao Hamas, grupo islâmico que controla a Palestina desde 2007. Na sequência, um jovem palestino foi queimado em Jerusalém por extremistas judeus. A partir daí, tiveram início os lançamentos de foguetes do Hamas e os bombardeios de Israel. Mas essa é um história que começa no início do século passado.

O Melhor e Mais Justo desta semana, discute a origem, os desdobramentos e as possibilidade de negociação de paz para o conflito na região.

Melhor e Mais Justo exibido em 14/08/2014
Tema: Gaza, um território ocupado

Deixe um Comentário

comentários