Metalúrgicos querem estabilidade no emprego para vítimas de violência doméstica

Outra reivindicação dos trabalhadores da FEM-CUT/SP, que estão em campanha salarial, é a licença maternidade de 180 dias, que ainda não é um direito conquistado em todos os grupos da categoria.

Deixe um Comentário

comentários