Ministério Público entra com ação contra CPTM

Ação é contra supostas irregularidades em contratos de manutenção de trens da CPTM entre 2001 e 2002, na gestão Alckmin. MP pede devolução de R$ 418 mi.

Deixe um Comentário

comentários