Mulheres fazem marcha em São Paulo para cobrar moradia digna

União dos Movimentos de Moradia de São Paulo luta para que 5% das habitações construídas pelo poder público sejam destinadas a mulheres vítimas de violência com risco de morte.

Deixe um Comentário

comentários