Dilma: Brasil fará tudo para assegurar interesses da indústria nacional
20/04/2012

Brasília – No momento em que a comunidade internacional critica a expropriação da petrolífera espanhola YPF pelo governo argentino e a desvalorização fictícia da moeda chinesa (yuan), a presidenta Dilma Rousseff prometeu hoje (20) que o governo protegerá a indústria nacional. Ela disse que “o Brasil fará de tudo” para assegurar os “interesses” do setor.

 

“Esse país, que tem o pré-sal, que é uma potência alimentar, não vai deixar sua indústria, que é razoavelmente complexa, ser sucateada por nenhum processo de desvalorização de moedas nem por guerras comerciais, que usam métodos considerados, eu diria assim, não muito éticos”, disse a presidenta, na solenidade em comemoração ao Dia Nacional do Diplomata e de formatura de uma turma de profissionais da carreira.

 

O discurso de Dilma ocorre no mesmo dia em que há uma delegação da Argentina no Brasil, chefiada pelo ministro do Planejamento designado interventor na petrolífera, Julio de Vido. Vido tem reuniões com o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, e a presidenta da Petrobras, Graça Foster.

 

A presidenta defendeu ainda o fortalecimento do Brasil no cenário mundial a partir da sua consolidação na América Latina. “Simultaneamente temos que ter uma presença fortíssima na América Latina e uma presença que quer transformar as fronteiras da América Latina e as responsabilidades do Brasil em relação [à região]”, disse ela.

 

Dilma lembrou que a América Latina é exemplo de convivência harmônica e que o Brasil tem disposição de mostrar “uma outra política de relacionamento internacional é possível”. “Uma política não imperialista, de não de aproveitamento da força e da imposição de modelos. Temos de mostrar que aqui na América Latina é possível uma relação econômica mais equilibrada”, ressaltou.

 

Fonte: Agência Brasil

Comentários (0):

Comentar:

1500
Enviar

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Foto5 Sem-teto cobram Ministério Público e apresentam denúncias contra empreiteiras

21/08/2014

MTST também recebeu apoio de lideranças políticas, intelectuais e juristas em ato público contra a criminalização realizado pouco antes da marcha
Foto5 Com inflação menor, 93% dos acordos têm reajuste acima da inflação

21/08/2014

Desde 2008, foi o segundo melhor resultado para as negociações salariais. Dieese vê situação positiva para o segundo período de 2014, mas identifica preocupação de médio prazo quanto ao crescimento
Foto5 Mantega anuncia medidas para estimular crédito imobiliário

21/08/2014

Segundo o ministro, o governo editará duas medidas provisórias, resoluções do Conselho Monetário Nacional e fará emendas a projetos de lei em tramitação no Congresso
Foto5 IBGE volta a divulgar dado parcial e aponta estabilidade na taxa de desemprego

21/08/2014

Números não são completos devido à greve dos servidores do instituto, que terminou na semana passada
Foto5 Sem citar Marina, Aécio garante presença no segundo turno: ´Não sei com quem eu vou´

21/08/2014

Candidato tucano recebe pauta de sindicalistas ligados a Força, UGT e Nova Central e promete ´diálogo´ com trabalhadores. Deputado e cabo eleitoral, Paulinho vê ´inexperiência´ em Marina e ataca Dilma
Foto5 Marina impõe condições, e relação PSB-Rede tem sinais de irritação no pós-Campos

21/08/2014

Acordo prevê que ex-senadora deixe partido mesmo se eleita e que não suba em palanques de estados nos quais não concorda com alianças. ´Marina é candidata da Rede com o apoio do PSB´, ironiza deputado
Compartilhe a TVT
Informativo TVT - Cadastre-se

Nome

E-mail

CUT CNM CUT MCUT ABCD Maior Brasil Rede Brasil Atual SM ABC

Algo errado aconteceu:

Por favor, insira um email válido.