Dilma: Brasil fará tudo para assegurar interesses da indústria nacional
20/04/2012

Brasília – No momento em que a comunidade internacional critica a expropriação da petrolífera espanhola YPF pelo governo argentino e a desvalorização fictícia da moeda chinesa (yuan), a presidenta Dilma Rousseff prometeu hoje (20) que o governo protegerá a indústria nacional. Ela disse que “o Brasil fará de tudo” para assegurar os “interesses” do setor.

 

“Esse país, que tem o pré-sal, que é uma potência alimentar, não vai deixar sua indústria, que é razoavelmente complexa, ser sucateada por nenhum processo de desvalorização de moedas nem por guerras comerciais, que usam métodos considerados, eu diria assim, não muito éticos”, disse a presidenta, na solenidade em comemoração ao Dia Nacional do Diplomata e de formatura de uma turma de profissionais da carreira.

 

O discurso de Dilma ocorre no mesmo dia em que há uma delegação da Argentina no Brasil, chefiada pelo ministro do Planejamento designado interventor na petrolífera, Julio de Vido. Vido tem reuniões com o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, e a presidenta da Petrobras, Graça Foster.

 

A presidenta defendeu ainda o fortalecimento do Brasil no cenário mundial a partir da sua consolidação na América Latina. “Simultaneamente temos que ter uma presença fortíssima na América Latina e uma presença que quer transformar as fronteiras da América Latina e as responsabilidades do Brasil em relação [à região]”, disse ela.

 

Dilma lembrou que a América Latina é exemplo de convivência harmônica e que o Brasil tem disposição de mostrar “uma outra política de relacionamento internacional é possível”. “Uma política não imperialista, de não de aproveitamento da força e da imposição de modelos. Temos de mostrar que aqui na América Latina é possível uma relação econômica mais equilibrada”, ressaltou.

 

Fonte: Agência Brasil

Comentários (0):

Comentar:

1500
Enviar

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Foto5 Analista do Santander não entende nada de Brasil e de governo Dilma, diz Lula

29/07/2014

Ex-presidente pede demissão de quem escreveu relatório. Ao lembrar de uma cena da Copa, afirma que mercado financeiro não morde, mas ?engole? o adversário
Foto5 Human Rights Watch denuncia torturas no Brasil e acusa 150 policiais

29/07/2014

Denúncia está em um comunicado enviado pelo grupo de direitos humanos à presidência e ao Congresso Nacional
Foto5 Suspensão do aumento dos pedágios em São Paulo vigora sem respaldo legal

29/07/2014

Segundo oposição ao governador Geraldo Alckmin na CPI dos pedágios, medida foi adotada por portaria, o que violaria a Lei de Licitações
Foto5 Lei dá poder de polícia a guardas civis do país, mas não prevê articulação

29/07/2014

Para especialistas em segurança pública, legislação pode abrir espaço para amplo debate na sociedade, mas incertezas podem piorar cenário atual
Foto5 Braço da Billings registra perda de volume com aumento de captação

29/07/2014

Após aumento da captação de água do sistema Rio Grande para garantir abastecimento em Santo André, o volume do manancial caiu de 90% para 86% em 11 dias
Foto5 Cutista considera ´central´ reeleição de Dilma, mas quer atendimento de pauta

29/07/2014

Apoio à presidenta é ´incondicional´, afirma dirigente, para quem trabalhadores ainda estão ´muito longe de ser poder´ e Estado ainda deve políticas públicas
Compartilhe a TVT
Informativo TVT - Cadastre-se

Nome

E-mail

CUT CNM CUT MCUT ABCD Maior Brasil Rede Brasil Atual SM ABC

Algo errado aconteceu:

Por favor, insira um email válido.