Dilma: Brasil fará tudo para assegurar interesses da indústria nacional
20/04/2012

Brasília – No momento em que a comunidade internacional critica a expropriação da petrolífera espanhola YPF pelo governo argentino e a desvalorização fictícia da moeda chinesa (yuan), a presidenta Dilma Rousseff prometeu hoje (20) que o governo protegerá a indústria nacional. Ela disse que “o Brasil fará de tudo” para assegurar os “interesses” do setor.

 

“Esse país, que tem o pré-sal, que é uma potência alimentar, não vai deixar sua indústria, que é razoavelmente complexa, ser sucateada por nenhum processo de desvalorização de moedas nem por guerras comerciais, que usam métodos considerados, eu diria assim, não muito éticos”, disse a presidenta, na solenidade em comemoração ao Dia Nacional do Diplomata e de formatura de uma turma de profissionais da carreira.

 

O discurso de Dilma ocorre no mesmo dia em que há uma delegação da Argentina no Brasil, chefiada pelo ministro do Planejamento designado interventor na petrolífera, Julio de Vido. Vido tem reuniões com o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, e a presidenta da Petrobras, Graça Foster.

 

A presidenta defendeu ainda o fortalecimento do Brasil no cenário mundial a partir da sua consolidação na América Latina. “Simultaneamente temos que ter uma presença fortíssima na América Latina e uma presença que quer transformar as fronteiras da América Latina e as responsabilidades do Brasil em relação [à região]”, disse ela.

 

Dilma lembrou que a América Latina é exemplo de convivência harmônica e que o Brasil tem disposição de mostrar “uma outra política de relacionamento internacional é possível”. “Uma política não imperialista, de não de aproveitamento da força e da imposição de modelos. Temos de mostrar que aqui na América Latina é possível uma relação econômica mais equilibrada”, ressaltou.

 

Fonte: Agência Brasil

Comentários (0):

Comentar:

1500
Enviar

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Foto5 TSE rejeita pedido de registro do partido Arena

23/04/2014

Ministros entenderam que a legenda não tem o número mínimo de assinaturas para ser criado legalmente
Foto5 Câmara aprova aposentadoria especial para mulher policial

23/04/2014

A aprovação da matéria foi acompanhada por centenas de policiais mulheres que pressionaram os parlamentares
Foto5 Lobby conservador retira igualdade de gênero do Plano Nacional de Educação

23/04/2014

Deputados-pastores impõem derrota em comissão da Câmara à corrente que gostaria de enfatizar superação da homofobia e das desigualdades entre homens e mulheres. Votação será concluída nesta quarta
Foto5 Senado cumpre cronograma desejado pelo Planalto e aprova Marco Civil da Internet

23/04/2014

PSDB e DEM queriam evitar que Dilma pudesse apresentar projeto durante conferência global da rede de computadores realizada nesta quarta-feira em São Paulo, mas acabaram derrotados
Foto5 Para Idec, multa de Alckmin sobre consumo de água viola direitos

23/04/2014

Segundo entidade, governo do estado não adotou medidas como a diminuição das perdas de água pelo sistema; membro de Comitê da Bacia Hidrográfica do Alto Tietê afirma que iniciativa é de ´desespero´
Foto5 Crise do neoliberalismo poderá durar mais de dez anos, diz economista

23/04/2014

Em livro, Gérard Duménil retrata os efeitos do período da ´Grande Contração´ da economia, que durou de 2007 a 2010. Autor estará em São Paulo para debate nesta quinta-feira (24)
Compartilhe a TVT
Informativo TVT - Cadastre-se

Nome

E-mail

CUT CNM CUT MCUT ABCD Maior Brasil Rede Brasil Atual SM ABC

Algo errado aconteceu:

Por favor, insira um email válido.