O marco civil da internet precisa ser aprovado para garantir a liberdade de expressão

Os movimentos sociais apoiam o marco civil da internet. E no Congresso, as operadoras de internet se unem ao deputado Eduardo Cunha, do PMDB do Rio de Janeiro, para evitar um acordo que leve à provação do projeto de lei.
Veja na entrevista da advogada do Proteste, Flávia Lefréve.

Deixe um Comentário

comentários