Polícia mata suspeitos do massacre no jornal Charlie Hebdo

Em ação quase simultânea, também foi morto outro sequestrador, aliado aos irmãos Cherif e Said Kouashi, que mantinha reféns. 4 reféns também foram mortos.

Deixe um Comentário

comentários