Presidente executivo da Apple, Tim Cook, declara que é gay

Atitude fortalece a luta do movimento LGBT. Tim Cook diz que não é ativista, mas se beneficiou do sacrifício de quem reivindicou direitos iguais para os gays.

Deixe um Comentário

comentários