Professores da categoria “O” lutam por igualdade em São Paulo

Os trabalhadores não têm direitos e reivindicam o fim da precarização nas contratações, melhores salários, acesso ao IAMSP e efetivação imediata de todos aprovados no último concurso.

Deixe um Comentário

comentários