Projeto da prefeitura de São Paulo vai dar oportunidade de estudo aos travestis e transexuais

Para retirar travestis e transexuais da marginalidade, a prefeitura de São Paulo criou o programa Transcidadania, que dará uma bolsa mensal de um salário mínimo para que 100 selecionados frequentem 30 horas por semana de atividades escolares e profissionalizantes. O programa terá duração de 24 meses e está destinado prioritariamente a quem está desempregado e não completou o ensino médio.

Deixe um Comentário

comentários