Trabalhadores em greve da USP protestam contra demissão de terceirizados

Como não está prevista contratação de novo pessoal, servidores ficarão sobrecarregados. Orçamento da USP prevê corte de 30% em pesquisas, salários e infraestrutura.

Deixe um Comentário

comentários