Trabalhadores são agredidos, mas impedem votação do PL da terceirização

Após mobilização dos trabalhadores, a sessão que votaria o Projeto de Lei 4330, da terceirização, foi cancelada nesta terça-feira (03/08). Para o presidente da CUT, Vagner Freitas, foi uma vitória da classe trabalhadora, mas a pressão continua.

Deixe um Comentário

comentários