Violência obstétrica atinge uma em cada quatro mulheres no Brasil

É o que revela pesquisa da Fundação Perseu Abramo. Para evitar estas agressões, surgem em todo o país grupos de apoio às gestantes, que veem o parto como um evento natural, sem intervenções desnecessárias.

Deixe um Comentário

comentários