A volta dos programas sociais, com Tereza Campello | Prerrogativas

Tereza Campello é diretora socioambiental do BNDES. É economista, pesquisadora do Núcleo de Pesquisas Epidemiológicas em Nutrição e Saúde – NUPENS / USP e Professora do Programa de Pós-Graduação em Políticas Públicas em Saúde da Escola Fiocruz de Governo. Doutora Notório Saber em Saúde Pública pela Fundação Oswaldo Cruz com pós-doutorado em Segurança Alimentar pela Universidade de Nottingham/ Reino Unido.

Entre 2020 e 2022 foi titular da Cátedra Josué de Castro de Sistemas Alimentares Saudáveis e Sustentáveis da faculdade de Saúde Pública da USP, tendo sido também pesquisadora associada à Universidade de Nottingham e professora do curso de Economia na Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos). Foi Ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome no período de 2011 a maio de 2016, tendo coordenado o Plano Brasil Sem Miséria, que retirou 22 milhões de pessoas da pobreza extrema. Também coordenou o Programa Bolsa Família, a Política Nacional de Assistência Social, a Política Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional e o Programa de Cisternas que entregou 1,2 milhão de cisternas no semiárido brasileiro.

Entre 2002 e 2011 esteve à frente de projetos prioritários na área de desenvolvimento, como o Plano Nacional de Mudanças Climáticas, os programas de Produção de Biodiesel, Etanol, do Produção Sustentável de Óleo de Palma e Territórios da Cidadania, do Mutirão Arco Verde, que levou serviços públicos, regularização fundiária e fomento para o desenvolvimento sustentável na Amazônia. Iniciou sua atuação no setor público como assessora econômica do Gabinete de Planejamento e Orçamento Participativo de Porto Alegre.

Deixe um Comentário

comentários