‘Acampamento Marielle Vive é exemplo de agricultura familiar que decisão do TJ-SP pode destruir’

O Tribunal de Justiça de São Paulo autorizou há uma semana, o despejo de 450 famílias que vivem no acampamento do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra Marielle Vive, em Valinhos, interior de São Paulo. No local um campo de futebol foi transformado em uma grande horta mandala e tudo pode ser destruído com a possível reintegração de posse. A jornalista Marilu Cabañas conversou com o engenheiro agrônomo Hiroshi Seo e com Tassi Barreto, da coordenação estadual do MST. Veja o vídeo.

📌 Fortaleça a TVT e a Rádio Brasil Atual! Manda um Pix. Chave: pix@tvt.org.br
🔔 Inscreva-se, ative o “sininho” e receba os conteúdos da TVT 📱 Seja membro do nosso canal! Veja como: https://bit.ly/2VT0hI0

Deixe um Comentário

comentários