Benjamin Netanyahu é vaiado no parlamento israelense

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, esteve diante do parlamento na segunda-feira em uma uma sessão especial. Mas seu discurso aos colegas foi interrompido por parentes de israelenses mantidos como reféns pelo Hamas em Gaza. Sob os gritos de ‘Agora’, os familiares cobravam que fosse cumprida a promessa de resgatar todos sequestrados no ataque sem precedentes lançado pelo movimento islamista palestino em 7 de outubro. Eles levaram cartazes com frases como ‘E se fosse seu filho?’ e ’80 dias, cada minuto é o inferno’. O ataque sem precedentes do Hamas em território israelense no dia 7 de outubro deixou quase 1.140 mortos, a maioria civis, segundo um balanço baseado em informações divulgadas pelas autoridades de Israel. Mas é importante reforçar também, que os números divulgados pelo lado palestino afirmam que mais de 20.600 pessoas – a maioria mulheres e menores de idade – morreram em Gaza desde o início da ofensiva do Exército israelense em represália.

⚠️ Seja membro deste canal e ganhe benefícios:
https://www.youtube.com/channel/UCmQTY7b5w61WlmBbJ5a8XrQ/join

👍🏽 Curta o vídeo e ajude a Rede TVT compartilhando com os amigos!
🔔Inscreva-se no canal da Rede TVT: www.youtube.com/redetvt
⚠️ Apoie a TVT a levar o sinal para todo o Brasil com o novo app de streaming:
Acesse https://www.catarse.me/tvt ou pelo QRCode do vídeo.

Deixe um Comentário

comentários