Brasil Paralelo ameaça professor e pesquisadores que criticam seus conteúdos

Responsável pela criação de conteúdo conservador, a produtora ‘Brasil Paralelo’ tem intimidado seus críticos

Na última semana, um professor de história recebeu uma notificação extrajudicial após dizer, em rede social, que o conteúdo da empresa é revisionista e negacionista

Em junho, dois pesquisadores também foram notificados, após publicarem um artigo em que dizem que a produtora atua a serviço da extrema-direita

Confira na reportagem de Júlia Pereira

📌 Fortaleça a TVT e a Rádio Brasil Atual! Manda um Pix. Chave: pix@tvt.org.br
🔔 Inscreva-se, ative o “sininho” e receba os conteúdos da TVT 📱 Seja membro do nosso canal! Veja como: https://bit.ly/2VT0hI0

Deixe um Comentário

comentários