COVID-19 deixa 100 milhões de crianças na pobreza

A pandemia de coronavírus levou pelo menos 100 milhões de crianças à pobreza, 10% a mais desde 2019. É o que aponta um relatório do UNICEF divulgado nesta quinta-feira. O texto alerta que esta é ‘a maior ameaça’ nos 75 anos de história do Fundo das Nações Unidas para a Infância. No período da crise sanitária, aumentou o número de menores de idade com fome, fora da escola, abusados, vivendo na pobreza e submetidos a casamentos forçados. Além disso, também diminuiu o número de menores com acesso ao atendimento de saúde, às vacinas e aos serviços essenciais. O relatório afirma que 60 milhões de menores a mais do que antes da pandemia vivem em casas com poucos recursos. E em 2020, mais de 23 milhões não receberam vacinas essenciais, quatro milhões a mais que em 2019 e o número mais elevado em 11 anos.
#Covid19
#Pobreza
#SeuJornal
📌 Fortaleça a TVT e a Rádio Brasil Atual! Manda um Pix. Chave: pix@tvt.org.br
🔔 Inscreva-se, ative o “sininho” e receba os conteúdos da TVT 📱 Seja membro do nosso canal! Veja como: https://bit.ly/2VT0hI0

Deixe um Comentário

comentários