CUT: decisão do STF sobre greve no setor público é um retrocesso

Decisão do STF de autorizar o desconto dos dias de greve do servidor público enfraquece a democracia A decisão do Supremo Tribunal Federal de autorizar o desconto dos dias de greve do servidor público enfraquece a democracia e a negociação coletiva no Brasil. Essa afirmação é do presidente da Central Única dos Trabalhadores, Vagner Freitas. Para a CUT, medida vai prejudicar ainda mais as relações de trabalho nos órgãos públicos.

Deixe um Comentário

comentários