“Dossiê Herzog” – Parte 1 🎙

Maria Teresa Cruz conversou com o jornalista e escritor Mauro Malin que vai relançar o livro Dossiê Herzog: Prisão, tortura e morte no Brasil, de Fernando Pacheco Jordão, que conta a história de tortura e morte de Vladimir Herzog durante a ditadura militar. A primeira parte da entrevista foi ao nesta quinta-feira (4). Malin diz que a reedição foi uma iniciativa da Fátima Pacheco Jordão, viúva do Fernando, que lhe solicitou que coordenasse uma nova edição, a sétima, a última havia sido feita em 2005, quando do 30º aniversário do assassinato de Herzog. O jornalista conta que até então não houve muita atualização da publicação original. “Agora, com o advento do Bolsonaro ao poder, evidentemente, a visão que se tem do que aconteceu naquele período e subsequentemente não pode ser a mesma. A história não é rígida, fixa contada de uma vez por toda. Ela é contada a cada momento que é percebida. Neste momento, precisamos ter uma nova versão do que aconteceu”, afirma. “Outra parte do livro é a reprodução, respeitosa do texto de Fernando Pacheco Jordão, que é excepcional, uma aula de história da ditadura e de jornalismo e de escrita.” Ele diz que alguns acrescimentos serão o índice de nomes. “Fernando Pacheco dedicou o livro aos 1.004 jornalistas que assinaram o manifesto em nome da verdade”, segundo ele, um repúdio às conclusões da investigação do que a ditadura classificou como “suicídio” de Vladimir Herzog e não assassinato como de fato ocorreu.

#DossiêHerzog
#DitadutaMilitar
#Brasil

🔔 Inscreva-se, ative o “sininho” e receba os conteúdos da TVT 📱 Fortaleça a TVT. Seja membro do nosso canal! Veja como: https://bit.ly/2VT0hI0

Deixe um Comentário

comentários