Homem negro é obrigado a tirar a roupa após ser acusado injustamente de furto em supermercado

Um homem negro foi obrigado a tirar parte da roupa que usava no supermercado Assaí em Limeira, no interior de São Paulo. Luis Carlos da Silva, de 56 anos, foi acusado de roubo por seguranças do atacadista e ficou de cueca para provar que não tinha furtado nada do local.

📌 Fortaleça a TVT e a Rádio Brasil Atual! Manda um Pix. Chave: pix@tvt.org.br
🔔 Inscreva-se, ative o “sininho” e receba os conteúdos da TVT 📱 Seja membro do nosso canal! Veja como: https://bit.ly/2VT0hI0

Deixe um Comentário

comentários