Internação de Bolsonaro divide opiniões e gera burburinhos digitais

O cientista político e professor da Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo, Paulo Níccoli Ramirez, comenta a hospitalização de Jair Bolsonaro e a exploração política desse fato pelo próprio presidente e apoiadores, criando paradoxo com o número de mortes por Covid-19 no Brasil e a falta de ajuda do governo federal às milhares de vítimas de enchentes na Bahia enquanto o presidente desfilava de jet ski em praias de Santa Catarina.
Para o professor, sempre que Bolsonaro se interna, explorar politicamente nas redes sociais o atentado a facada que sofreu em 6 de setembro de 2018, quando era candidato a presidente da República.

📌 Fortaleça a TVT e a Rádio Brasil Atual! Manda um Pix. Chave: pix@tvt.org.br
🔔 Inscreva-se, ative o “sininho” e receba os conteúdos da TVT 📱 Seja membro do nosso canal! Veja como: https://bit.ly/2VT0hI0

Deixe um Comentário

comentários