Israel forma governo de emergência

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, e o líder da oposição Benny Gantz anunciaram nesta quarta-feira um acordo para formar “um governo de emergência” até o fim da guerra com as milícias islâmicas em Gaza. Considerado o mais à direita da história de Israel, o governo de Netanyahu controla 64 dos 120 assentos no Parlamento. Com a incorporação do Partido da Unidade Nacional, de Gantz, chegará a 76 cadeiras. O principal líder da oposição, Yair Lapid, do partido de centro Yesh Atid, não faz parte da coalizão, mas Netanyahu e Gantz disseram que um lugar foi “reservado” para ele no gabinete de guerra. Esse gabinete será formado por Netanyahu, Gantz e pelo ministro da Defesa, Yoav Gallant, do Likud, partido de Os líderes afirmaram em um comunicado que “durante a guerra, não se apresentará nenhuma lei, nem nenhuma moção promovida pelo governo que não esteja relacionada com a guerra”.

⚠️Seja membro deste canal e ganhe benefícios:
https://www.youtube.com/channel/UCmQTY7b5w61WlmBbJ5a8XrQ/join

👍🏽 Curta o vídeo e ajude a Rede TVT compartilhando com os amigos!
🔔Inscreva-se no canal da Rede TVT: www.youtube.com/redetvt
⚠️ Apoie a TVT a levar o sinal para todo o Brasil com o novo app de streaming:
Acesse https://www.catarse.me/tvt ou pelo QRCode do vídeo.

Deixe um Comentário

comentários