Jovens negros, mulheres e idosos são os grupos mais impactados pela pandemia 🎙

A economista Iriana Cadó, especialista em economia social e do trabalho e mestre em Desenvolvimento Econômico pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), explica que, historicamente, os grupos de jovens negros e mulheres já são impactados pela precarização de trabalho, com condições piores e salários menores. O que ocorreu é que a pandemia da Covid-19 maximizou esse cenário. Iriana destaca que a cada 5 pessoas negras, uma está desempregada e que as mulheres, de forma geral, encontram mais dificuldade de retornar ao mercado de trabalho porque a quarentena acabou acumulando trabalhos domésticos, com os filhos fora das escolas e demandando muito mais cuidados. A economista critica o fim do auxílio emergencial, previsto para acabar em dezembro, e defende uma revisão no teto de gastos para o ano que vem.

Assista.

#Unicamp
#Covid19
#Pandemia

🔔 Inscreva-se, ative o “sininho” e receba os conteúdos da TVT 📱 Fortaleça a TVT. Seja membro do nosso canal! Veja como: https://bit.ly/2VT0hI0

Deixe um Comentário

comentários