Justiça barra contratação de empresa para revisar plano diretor da Capital Paulista

O Tribunal de Justiça de São Paulo suspendeu um contrato da prefeitura paulistana com a Fundação para o Desenvolvimento Tecnológico da Engenharia para assessoria na revisão do Plano Diretor da capital paulista
Orçado em três e meio milhões de Reais, o contrato foi fechado sem licitação e para um serviço que os servidores municipais estão capacitados para realizar para movimentos sociais e a oposição ao governo Nunes, o objetivo da contratação era priorizar os interesses do mercado imobiliário na revisão do plano, já que a fundação tem forte ligação com o setor

A reportagem é de Rodrigo Gomes

📌 Fortaleça a TVT e a Rádio Brasil Atual! Manda um Pix. Chave: pix@tvt.org.br
🔔 Inscreva-se, ative o “sininho” e receba os conteúdos da TVT 📱 Seja membro do nosso canal! Veja como: https://bit.ly/2VT0hI0

Deixe um Comentário

comentários