Justiça determina despejo de 450 famílias moradoras do acampamento Marielle vive do MST

O Tribunal de Justiça de São Paulo determinou o despejo das 500 famílias sem-terra que vivem no acampamento Marielle Vive, em Valinhos, no interior de São Paulo. A área abandonada e improdutiva foi ocupada em 2018 por famílias organizadas pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra, o MST. A reportagem é de Rodrigo Gomes. Assista ao vídeo.

📌 Fortaleça a TVT e a Rádio Brasil Atual! Manda um Pix. Chave: pix@tvt.org.br
🔔 Inscreva-se, ative o “sininho” e receba os conteúdos da TVT 📱 Seja membro do nosso canal! Veja como: https://bit.ly/2VT0hI0

Deixe um Comentário

comentários