Mercado de trabalho perde 1,5 milhão de vagas na pandemia sem vislumbrar contratações 🎙

O país fechou o primeiro semestre com 1,2 milhão de vagas formais eliminadas. Ou exatos 1.198.363 empregos com carteira a menos, queda de 3,09% no estoque. De janeiro a junho, as admissões somaram 6,7 milhões, queda de 18,3% em relação a igual período de 2019, enquanto as demissões totalizaram 7,9 milhões, aumento de 1,3%.

Os dados são do “novo” Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), divulgado pelo Ministério da Economia. Em entrevista à Rádio Brasil, o diretor técnico do Dieese, Fausto Augusto Júnior, comentou os dados negativos do mercado. Assista ao vídeo.

🔔 Inscreva-se, ative o “sininho” e receba os conteúdos da TVT 📱 Fortaleça a TVT. Seja membro do nosso canal! Veja como: https://bit.ly/2VT0hI0

Deixe um Comentário

comentários