Metodologia de captação de dados do Caged é responsável por erros sobre geração de emprego formal

Depois de passar por revisões, o saldo de empregos formais gerados no Brasil, em 2020, caiu quase pela metade se comparado ao número divulgado inicialmente pelo governo federal. É o que indicam as estatísticas do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados). Segundo dados divulgados em janeiro pelo Ministério da Economia, o indicador havia ficado positivo em 142.690 vagas no ano passado. Após o registro das novas informações, o saldo do ano passado encolheu 46,8%, para 75.883 vagas criadas. Em entrevista ao jornalista Glauco Faria, da Rádio Brasil Atual, José Silvestre, diretor adjunto do Dieese, atribuiu o erro a nova metodologia de captação de dados do Caged. Ele disse que na época pesquisadores do mercado de trabalho receberam os resultados da Instituição com bastante estranheza. Assista ao vídeo.

📌 Fortaleça a TVT e a Rádio Brasil Atual! Manda um Pix. Chave: pix@tvt.org.br
🔔 Inscreva-se, ative o “sininho” e receba os conteúdos da TVT 📱 Seja membro do nosso canal! Veja como: https://bit.ly/2VT0hI0

Deixe um Comentário

comentários