Na delação, Cid cita minuta de golpe entregue a Bolsonaro

Na delação premiada que fechou com a Polícia Federal, o ex-ajudante de ordens Mauro Cid relatou que, logo após a derrota no segundo turno da eleição, Jair Bolsonaro recebeu do assessor Filipe Martins uma minuta de decreto para convocar novas eleições, que incluía a prisão de adversários.

⚠️ Seja membro deste canal e ganhe benefícios:
https://www.youtube.com/channel/UCmQTY7b5w61WlmBbJ5a8XrQ/join

👍🏽 Curta o vídeo e ajude a Rede TVT compartilhando com os amigos!
🔔Inscreva-se no canal da Rede TVT: www.youtube.com/redetvt
⚠️ Apoie a TVT a levar o sinal para todo o Brasil com o novo app de streaming:
Acesse https://www.catarse.me/tvt ou pelo QRCode do vídeo.

Deixe um Comentário

comentários