Nassif & Conde: O enigma Ciro Gomes, xadrez eleitoral e risco de implosão no PDT

A série de ataques desferidos pelo ex-ministro Ciro Gomes ao PT, ao ex-presidente Lula e à ex-presidenta Dilma Rousseff, estabelece um ingrediente novo nas eleições majoritárias brasileiras desde a redemocratização: uma energia retórica de ódio e ressentimento no seio do campo supostamente progressista. Esse fenômeno tensiona um ambiente eleitoral já tensionado com a explosão do discurso de ódio oriundo do bolsonarismo e do antipetismo de setores da imprensa.

É como se Ciro Gomes tivesse contraído o vírus do ódio como vetor de impulsionamento eleitoral, na contramão de tudo o que foi consagrado outrora na esquerda como identificação política: a paz e o amor.

Tal novidade enseja cuidados por parte da esquerda na construção do ambiente político para as eleições de 2022. O desafio é saber até que ponto o estrago promovido pelo pedetista pode tumultuar o processo eleitoral e contribuir para confundir um eleitor extenuado com excessos de violência retórica.

#AtaquesDeCiro
#Eleições2022
#LuisNassif
#GustavoConde

📌 Fortaleça a TVT! Manda um Pix. Chave: pix@tvt.org.br
🔔 Inscreva-se, ative o “sininho” e receba os conteúdos da TVT 📱 Fortaleça a TVT. Seja membro do nosso canal! Veja como: https://bit.ly/2VT0hI0

Deixe um Comentário

comentários