Nomeação de desembargadores por Bolsonaro deve ser acompanhada com muita cautela, diz jurista

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) vai dar a maior canetada da história recente do Judiciário brasileiro. No próximo ano, ele nomeará 75 desembargadores nos seis tribunais regionais federais do país. Em entrevista à Rádio Brasil Atual e TVT, a advogada Tânia Oliveira, integrante da Coordenação Executiva da ABJD (Associação Brasileira de Juristas pela Democracia), explicou o devido processo para essas nomeações e defendeu que a sociedade civil acompanhe com muita cautela as escolhas feitas pelo presidente Bolsonaro. Assista ao vídeo.

📌 Fortaleça a TVT e a Rádio Brasil Atual! Manda um Pix. Chave: pix@tvt.org.br
🔔 Inscreva-se, ative o “sininho” e receba os conteúdos da TVT 📱 Seja membro do nosso canal! Veja como: https://bit.ly/2VT0hI0

Deixe um Comentário

comentários