Nova proposta de reforma trabalhista proíbe vínculo empregatício de motoristas e entregadores de app

Uma nova proposta de reforma trabalhista do governo de Jair Bolsonaro proíbe o vínculo empregatício a trabalhadores de aplicativos, como motoristas e entregadores que atuam nas plataformas ifood e uber. O texto foi formulado por um grupo criado em 2019 pela secretaria especial de previdência e trabalho o documento está sob análise do conselho nacional do trabalho e do governo federal. Confira a reportagem.

📌 Fortaleça a TVT e a Rádio Brasil Atual! Manda um Pix. Chave: pix@tvt.org.br
🔔 Inscreva-se, ative o “sininho” e receba os conteúdos da TVT 📱 Seja membro do nosso canal! Veja como: https://bit.ly/2VT0hI0

Deixe um Comentário

comentários