Número de trabalhadores subocupados é recorde no país e atinge mais de 7 milhões de pessoas

O número de trabalhadores subocupados no país atingiu um recorde histórico no segundo trimestre de 2021, de acordo com dados da Pnad Contínua (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio) do IBGE.O estudo parte da base de 7,543 milhões de pessoas que estavam subempregadas no segundo trimestre deste ano – houve um incremento de 2 milhões de pessoas nestas condições em relação ao mesmo período do ano passado. O destaque é o grande contingente de trabalhadores por conta própria e empregados domésticos sem carteira assinada – que respondem por 70% do total. Em entrevista à Rádio Brasil Atual, José Silvestre, diretor adjunto do Dieese, comentou os dados do mercado de trabalho. Assista ao vídeo.

📌 Fortaleça a TVT e a Rádio Brasil Atual! Manda um Pix. Chave: pix@tvt.org.br
🔔 Inscreva-se, ative o “sininho” e receba os conteúdos da TVT 📱 Seja membro do nosso canal! Veja como: https://bit.ly/2VT0hI0

Deixe um Comentário

comentários