Pesquisa revela que SP não tem ambulatórios e sanitários suficientes para retorno às aulas 🎙

Uma pesquisa realizada pelo Instituto de Arquitetos do Brasil e pelo Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese) aponta que 99% das escolas no Estado de São Paulo não possuem qualquer sistema de segurança sanitária interna que seja eficaz na contenção da pandemia diante da realidade imposta de um possível retorno às aulas presenciais mesmo com a Covid -19 no seu ápice. Os indicadores mostram que, em São Paulo, 99% das escolas não possuem consultório médico, enfermaria ou profissionais da saúde à disposição dos estudantes e dos trabalhadores da educação. Outro sério problema é a inexistência de locais onde os alunos possam realizar práticas de higiene básico, pois, com os dados dos institutos citados, cerca de 82% das escolas em todo o estado de São Paulo possuem apenas dois vasos sanitários disponíveis para uso de todos os estudantes. Em entrevista à Rádio Brasil Atual, Maria Izabel Azevedo Noronha, presidenta da Apeoesp e deputada estadual, deu detalhes do levantamento. Assista ao vídeo.

🔔 Inscreva-se, ative o “sininho” e receba os conteúdos da TVT 📱 Fortaleça a TVT. Seja membro do nosso canal! Veja como: https://bit.ly/2VT0hI0

Deixe um Comentário

comentários